Green Sport 150: Mini esportiva

Para uma marca crescer no segmento de duas rodas é preciso oferecer produtos de qualidade, preços competitivos, garantia e um dinâmico pós-venda. Aliado a isso, modelos que despertem o desejo no consumidor em adquirir uma motocicleta.

Aparentemente, a Green Motos, empresa do Grupo Rodobens que figura entre os 100 maiores grupos empresariais do país, está no caminho certo.

Com quatro modelos importados da China — Easy 110 (Cub), Runner 125 (Street), Safari 150 (Trail) e Sport 150 (Street) —, a empresa quer comercializar em 2008 mais de 10 mil unidades.

O destaque da linha é a Sport 150. Street com roupagem esportiva, o modelo oferece vários diferenciais perante a concorrência e custa R$ 4.950,00. Só para comparar, a líder de vendas na categoria, a Honda CG 150, têm preços sugeridos entre R$ 5.744,00 (Job, versão básica) e R$ 7.746,00 (Sport, versão top de linha).

 

 

Green Sport 150

A Green Sport 150 traz, de série, carenagem esportiva, freio a disco duplo na roda dianteira, faróis com dupla iluminação, completo painel de instrumento, com indicador de marcha digital; duplo escape, rodas de liga-leve e banco em dois níveis. Além de semi-guidão, sistema balanceador, que reduz as vibrações do motor e a comodidade da partida elétrica, porém o pedal está lá para auxiliar em alguma emergência.

No quesito design, a moto chama bastante atenção, principalmente por sua carenagem, única na categoria. Se a dianteira lembra motos esportivas, com duplo farol, piscas embutidos e espelhos retrovisores fixados à carenagem, a parte traseira é uma cópia das utilizadas nas Cubs (lanternas cristal com piscas embutidos).

Apesar da fusão entre os dois estilos, a Green Sport 150 está tendo uma boa aceitação do público. “Carro-chefe” da marca, são comercializadas mais de 600 unidades/mês entre as quatro concessionárias da Green.

Mini esportiva

Na prática

O motor OHV (comando simples no cabeçote) de quatro tempos é refrigerado a ar e tem potência declarada de 13 cv a 8500 rpm, com torque máximo de 1,0 Kgf.m a 8000 rpm.

Já o câmbio de cinco velocidade tem engates precisos. Apesar de 150 cm³, a moto poderia ter um desempenho um pouco melhor, principalmente nas “largadas”. Falta torque! Porém, com o propulsor trabalhando cheio, a mini esportiva chinesa chega aos 120 Km/h.

O consumo gira em torno de 28 a 33 Km/l. O resultado depende do tipo de tocada de cada piloto. Outro ponto positivo é a baixa vibração do motor, mesmo em altas rotações, isso graças ao sistema de balanceamento.

Na parte ciclística, a Green Sport 150 traz garfo telescópio e duplo amortecedor. O conjunto está de acordo com sua categoria e copia bem as imperfeições dos pisos irregulares.

A grande surpresa é a adoção de disco duplo em uma moto de apenas 150cc, o que transmite segurança ao piloto. Os freios são potentes e eficientes. O traseiro, a tambor, também dá conta do recado. Para ajudar ainda mais neste trabalho de parar a moto, a empresa poderia substituir os pneus — mais indicados para motos custom — por modelos mais esportivos, como o Pirelli MT 75.

Ao subir na moto, o piloto realmente terá a noção de estar em uma esportiva: semi-guidão, pedaleiras recuadas e banco em dois níveis. Assim, o motociclista terá bom nível de conforto para deslocamentos urbanos ou em pequenas viagens.

Em movimento, o descanso lateral e o pedal do câmbio estão muito próximos. O pé esquerdo fica praticamente apoiado na peça. Para acompanhar o desempenho da motocicleta, o painel é completo: hodômetro, velocímetro, conta-giros, marcador de combustível, indicador de marcha digital e luzes-espia.

Claro que a moto tem muito a evoluir. São pequenos acertos que vão deixar a Sport 150 mais “redonda” para se pilotar. Preço não é tudo, mas hoje é um grande atrativo. E pelo andar da carruagem, a Green Motos está no caminho certo. Daqui para frente, a concorrência ficará mais acirrada pela base do mercado de duas rodas entre Honda, Yamaha, Suzuki, Sundown, Traxx, Garinni, MVK e Dafra Motos.

Green Sport 150

Ficha Técnica

Motor: OHV, quatro tempos
Capacidade cúbica: 150 cm³
Alimentação: Carburador
Potência máxima: 13 cv a 8500 rpm
Torque máximo: 1,0 kgf.m a 8000rpm
Câmbio: 5 velocidades
Partida: Elétrica/Pedal
Quadro: Tubolar em aço
Suspensão dianteira: Garfo telescópico
Suspensão traseira: Bichoque
Freio dianteiro: Disco duplo, de 267 mm
Freio traseiro: A tambor, de 160 mm
Pneu dianteiro: 3.50-16
Pneu traseiro: 120/90-15
Peso seco: 141 Kg
Tanque de combustível: 16 litros
Cores: prata, vermelho e preto
Garantia: dois anos, sem limite de quilometragem
Preço: R$ 4.950,00

[Por: Moto.com.br]

Fotos: Caio Mattos.